Criação de negócios

Criação de negócios

Plano de Apoio a Jovens Empreendedores

No intuito de apoiar os jovens de Macau a explorarem novas opções e oportunidades para além da tendência tradicional da procura de emprego, concretizando os seus desejos sobre a criação de negócio, para assim poderem vir a promover o desenvolvimento de uma economia mais diversificada e mais competitiva, o Governo da RAEM lançou o Plano de Apoio a Jovens Empreendedores que se destina a conceder uma verba de empréstimo, isenta de juros, às empresas comerciais exercidas por jovens empreendedores de Macau, com vista a aliviar a pressão de angariação de capitais na fase inicial da criação de negócios.

O plano teve início em Agosto de 2013 e tem como objectivo conceder aos jovens, que criaram pela primeira vez o seu negócio, um empréstimo até ao limite de 300.000 patacas que deve ser reembolsado no prazo máximo de oito anos. O plano foi optimizado em Agosto de 2017 para beneficiar também os jovens que já têm alguma experiência de gestão de negócios, para além dos que criaram o seu negócio pela primeira vez, reforçando os trabalhos sobre a formação dos jovens empreendedores. De entre os sectores beneficiados, destacam-se os da venda a retalho, restauração e hotelaria, serviços prestados a empresas, serviços prestados a indivíduos, designadamente, os de reparação de automóveis, ciclomotores e motociclos e institutos de beleza, educação e serviços médicos, comércio por grosso, entre outros.

“Centro de Incubação de Negócios para os Jovens”

Para melhorar ainda mais as medidas de apoio ao empreendedorismo juvenil, o Governo da RAEM criou, em 2015, sob a tutela da Direcção dos Serviços de Economia (DSE), o “Centro de Incubação de Negócios para os Jovens”, na expectativa de acompanhar os tempos, para oferecer uma ampla gama de suporte de negócios para a juventude de Macau.

Em 2017, o Centro de Incubação de Negócios para os Jovens de Macau mudou para novo local no NAPE, e a DSE encarregou o Parafuturo de Macau Investment and Development Limited da operação do Centro. O novo Centro funciona 24 horas por dia e todo o ano sem interrupção, prestando uma série de serviços de apoio aos jovens que entraram no Centro, incluindo: fornecimento de escritórios provisórios gratuitos, “one stop” para a constituição da empresa, serviços profissionais de conselheiros gratuitos (contabilidade e jurídico), serviços de conexão de recursos/bolsas de contacto, disponibilização de cursos de formação em empreendedorismo e inovação, realização de sessões de partilha de experiências, e outros serviços que contribuem para ajudar os jovens a participarem no desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, interacção e cooperação sino-portuguesas no âmbito de empreendedorismo juvenil.

O Centro de Incubação de Negócios para os Jovens está empenhado em proporcionar aos jovens de Macau os serviços de apoio diversificado que se associam ao empreendedorismo e que se conformam com as circunstâncias actuais, a fim de realizar a incubação das ideias empreendedoras com potencial, ajudar os jovens empresários a iniciarem os seus próprios negócios sem problemas e fomentar o desenvolvimento e crescimento das empresas dos jovens empreendedores.

Mais Informações (Versão Chinêsa)

Plataforma de serviços para as Pequenas e Médias Empresas

A plataforma de serviços para as Pequenas e Médias Empresas, criada pela cooperação entre a Associação dos Jovens Empresários de Macau, o Centro de serviços para PME do Banco da China e a página de economia do Macau Daily News, funciona com base na página electrónica e possibilita interacções entre jovens empresários, bancos, grupo de especialistas, pequenas e médias empresas, bem como entre os jovens que dão início às actividades. Além das notícias de políticas, a análise financeira por bancos e o diagnóstico da gestão das empresas por especialistas são valorizados, para optimizar o modo de desenvolvimento da exploração, incentivar novas ideias, promover o intercâmbio nos sectores e entre os sectores, ajudar as pequenas e médias empresas a desenvolverem e a melhorarem o nível da gestão. Ao mesmo tempo que, ainda, visa disponibilizar informações do mercado, apoio às explorações, ligação às empresas e implementação do comércio electrónico através dessa plataforma, oferecendo apoios completos às pequenas e médias empresas.

Página no facebook